Empreendedora cria dindin gourmet e faz sucesso em festas particulares

dindin

Há menos de um ano no mercado, produto atrai clientes de outros Estados.
Empresária criou 23 sabores de dindins gourmet para atrair clientes.

Aliando a vontade de criar um negócio inovador, o gosto pela cozinha e a experiência adquirida em viagens, Hociomara Lis decidiu usar um produto super popular no Piauí, o dindin (conhecido também como geladinho, sacolé, chup chup, flau etc), e vendê-lo de uma forma diferenciada, com sabores exclusivos: assim nasceu o dindin gourmet, ou simplesmente Dincolé.

Segundo a empreendedora, o negócio tem menos de um ano e tem feito sucesso nas festas particulares de Teresina.

"Eu sempre gostei de culinária, gostava de inventar sobremesas em casa. Eu tinha vontade de montar um negócio diferente, inovador. Quando fui para Recife nas férias vi que muitos vendedores utilizavam a food bike, um veículo para a venda de sobremesas e outras comidas. Então pensei em vender dindin gourmet com ajuda de uma bicicleta que coloquei o nome de Bikolé", explicou.

Para chamar a atenção dos clientes, a empresária procurou uma agência de publicidade para criar uma marca e embalagem personalizada. São 23 sabores divididos nas linhas fit (para quem não quer engordar e quem tem intolerância à lactose), cremosos e até alcoólicos. Ela decidiu também que não iria vender sabores convencionais porque gostaria de apresentar para a população um tipo inusitado de produto.

Hociomara Lis vende dindins goumert em festa particulares em Teresina

"Eu viajei para buscar esses novos sabores, ia para sorveterias e experimentava os mais diferentes. Então, quando voltei para Teresina comecei a fazer o dincolé de delícia de abacaxi, romeu e julieta, kit kat, danoninho, entre outros. O mais exótico é o biscoito com ganache, mas o delícia de abacaxi é o carro chefe", declarou.

Empresária trabalha com uma equipe de cinco pessoas.

O produto começou a fazer sucesso primeiro entre os amigos de Hociomara e ao contrário de outros empreendimentos do tipo que se tornam populares em ruas, o Dincolé começou a ficar famoso nas festas particulares como casamentos e aniversários na capital. Atualmente, uma equipe de cinco pessoas vende mais de mil dincolés por mês dependendo do evento em que são contratadas.

A repercussão do produto fez com que pessoas de outros estados do Brasil ligassem para a empreendedora para perguntar se o Dincolé era uma franquia. Além disso, empresas de Teresina já ofereceram parcerias. Apesar dos convites e contatos, Hociomara afirmou que primeiro quer estruturar a empresa para depois dar passos maiores.

"Estamos com nove meses no mercado, as pessoas vão conhecendo nosso trabalho através do boca a boca, um vai indicando para o outro. As pessoas podem vir até a nossa casa para comprar, podem contratar para irmos com a bicicleta para as festas ou podem pedir para entregar em domicílio aqui pela Zona Leste de Teresina", esclareceu.

 

Fonte: G1 PI

dindin
dindin2

Compartilhe esta página

Relacionados

familia_materia

Um sonho de casamento que virou um grande negócio.

Acredite, é uma história real! Uma história de empreendedorismo bem diferente. A redação do Guia Foo...

feito por mim

Magazine Luiza, ajuda com o apoio da tecnologia, doceira a realizar seu sonho de ter uma Food bike

Soluções digitais ajudaram Evelanni a planejar melhor a fabricação dos doces que ela vende em Fortal...